AMOR E POESIA

A morada de todos os meus sentimentos poéticos, vivos em minha alma e libertos para o mundo...

Textos

MENINO DE ASAS
MENINO DE ASAS

Olho o céu e penso
Ser teu Ícaro a voar
Até bem perto do sol
Até que se derretam
Minhas asas de cera
E cair em teus braços
Receber teus abraços
E então poder te amar

GILSON G SANTOS
Enviado por GILSON G SANTOS em 15/11/2014


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras